Vale a pena comprar apartamento na planta para cadeirante? As normas da ABNT devem ser respeitadas em todas as construções, inclusive para cadeirantes. Saiba o que analisar na hora de escolher um imóvel acessível

Viver sobre uma cadeira de rodas é se acostumar com determinadas limitações. O imóvel em que um cadeirante mora, deve ser totalmente acessível, seja para a sua locomoção ou para a realização das suas necessidades.

Na hora de comprar apartamento na planta, muitas coisas devem ser analisadas com atenção, para que o novo morador sinta-se confortável e consiga realizar suas atividades.

As normas da ABNT provém todas as medidas adequadas para a locomoção de uma pessoa com mobilidade reduzida. As áreas comuns de um condomínio devem ser especiais, no tamanho é na superfície. Será que vale a pena comprar um apartamento que ainda está em projeto? Vamos descobrir agora.

O que verificar antes de comprar apartamento na planta?

Adquirir um imóvel que ainda não foi construído envolve diversas vantagens. Além do custo ser mais em conta, comprar apartamento na planta é um grande investimento, já que o bairro pode ser valorizado e há muito mais tempo para se programar com a mudança.

No casos dos cadeirantes é essencial se atentar não só às áreas comuns do condomínio – como hall de entrada, elevadores, piscina e churrasqueira – mas também aos cômodos da nova residência.

As normas da ABNT exigem que nas áreas comuns possuam a superfície firme e antiderrapante, além de faixas e pisos com texturas e cores diferenciadas. Além disso, os jardins não devem possuir plantas que alteram a circulação dos cadeirantes. Vegetações cujas as raízes sobressaltam o solo também não são permitidas.

As áreas de entrada e saída também devem possuir uma rampa de acessibilidade, já que é direito do morador de qualquer condomínio pode circular por todos os espaços do terrenos. As áreas de lazer também devem ser acessíveis, para que a cadeira possa entrar e sair desses espaços com tranquilidade e segurança.

No estacionamento, além da vaga exigida para pessoas com mobilidade reduzida, o espaço também deve permitir a circulação da cadeira, afastada da área de pedestres. Há uma medida recomendada pela norma, que também deve ser respeitada pela construtora do imóvel

Os cômodos da casa também devem ser acessível, com as medidas de portas e corredores recomendadas pela norma. Nos quartos, devem haver espaço para que a cadeira consiga fazer a rotação completa de 360°. Quantos aos móveis, a empresa que será contratada também deverá respeitar as normas de espaçamento e altura.

Os banheiros também devem ter o espaço exigido pela ABNT, afinal, algumas reformar deverão ser feitas para que o box, vaso sanitário e pia seja acessíveis ao cadeirante. Por esse motivo, é essencial que você também saiba qual a estrutura do prédio em que o apartamento será comprado. Alguns imóveis podem possuir algumas particularidades quanto a isso.

Além disso, é essencial que o banheiro tenha espaço para que sejam colocadas barras de apoio. Essas medidas são descritas na planta, assim como, se é possível ou não alterar alguma outra coisa no banheiro.

É possível tornar um apartamento na planta acessível?

Atualmente, diversas empresas são especializada em tornar apartamentos acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida. Ao comprar apartamento na planta, você terá muito mais tempo para se programar com reformas e escolher a empresa que prestará esse serviço.

Os cadeirantes podem sim, utilizar as áreas comuns de um condomínio, já que a norma exige que esses imóveis permitam a circulação de cadeira de rodas. Basta se atentar ao tipo de condomínio e verificar se ele atende às suas necessidades.

Comprar apartamento na planta é um ótimo investimento, afinal se hoje um imóvel pode variar de R$ 400 a 600 mil, em alguns anos, esse valor poderá aumentar e, com isso, pode-se ganhar um bom dinheiro.

Existem empresas que ajudam você a escolher o melhor tipo de imóvel, na localização que supra todas as suas necessidades! Atente-se e realize o sonho de ter um espaço seu, do jeito que você precisa é sempre desejou.

Ver mais posts sobre: Colaboradores Tags: , ,

Ricardo
Falar sobre si não é uma tarefa fácil, não é mesmo? Acho que por isso mesmo adiei tanto a atualização dessa página! Mas vamos tentar né? Você já teve a chance de conviver com um capricorniano? Pois é, aquele jeito louco, sonhador, aventureiro, e nem sempre com os dois pés no chão… Esse sou EU! Ricardo Tostes Pinto Perdigão, ou pra vocês, apenas Ricardo Tostes.

1 comentário em “Vale a pena comprar apartamento na planta para cadeirante? As normas da ABNT devem ser respeitadas em todas as construções, inclusive para cadeirantes. Saiba o que analisar na hora de escolher um imóvel acessível

  1. Marilene disse: 27/04/2018

    Muito interessante essa postagem!

Deixe uma resposta