ANSIEDADE – O mal de quase todo cadeirante!

Segundo o “dr. Google”, ansiedade é um distúrbio de saúde mental caracterizado por sentimentos de preocupação, ansiedade ou medo que são fortes o bastante para interferir nas atividades diárias.
Sabe aquela aflição de não saber se o lugar que você vai tem acessibilidade? Ou aquela dúvida se o ônibus que você vai usar amanhã está funcionando? E aquele medo de não ter ninguém pra te auxiliar a fazer alguma coisa?… Estes detalhes realmente nos preocupam bastante, e fazem parte da vida  de TODO cadeirante. Mas, devemos tomar cuidado para que essa ansiedade não “domine” sua vida!
Em uma enquete feita em nosso intagram (@cantinhodoscadeirantes) 62% dos seguidores afirmaram ser ansiosos e 51% afirmaram que já deixaram de sair de casa por conta dessa ansiedade. Com isso, podemos perceber que infelizmente a ansiedade está presente na vida de todos, inclusive na vida das pessoas com deficiência.
Nas conversar com alguns amigos cadeirantes percebo que alguns deles confundem o seu medo com ansiedade, e usam como desculpa de não se arriscar em novas aventuras sem ao menos perceber que a única coisa que os prende, é sua própria insegurança.
Já outros, enfrentam todos os dias aquelas preocupações que mencionamos alí em cima, e junto disso passam por momentos muito ruins onde alguns ficam muito tensos, perdem totalmente a força, a voz, mudam completamente seu humor, perdem o sono e acabam achando que amanhã estarão bem.

Eu sempre fui uma pessoa muito preocupada com a falta de acessibilidade dos lugares e também sempre parecia que eu estava incomodando as pessoas quando pedia pra sair… Sentia vontade de sair, mas um dia antes eu já começava a pensar como seria e tinham um sentimento de medo que aos poucos foi piorando até surgir sintomas físicos, como dor de cabeça, moleza no corpo, insônia… Foi aí que decidi procurar ajuda com psicóloga e com psiquiatra e diagnosticaram que eu tenho ansiedade” conta Sofia.

Quem tem mobilidade reduzida sabe muito bem que essas calçadas esburacadas, prédios sem elevadores, ônibus estragos, são motivos para nos preocupar realmente, mas quando esses medos passam a nos prender em casa, devemos fazer alguma coisa.
De fato, todos nós precisamos de ajuda psicológica para saber como enfrentar e diferenciar o medo da ansiedade,  tristeza da depressão, entre muitas outras. O importante é saber que ter algum distúrbio mental ou simplesmente ser uma pessoa insegura é completamente comum entre qualquer um e somente um profissional saberá te ajudar e te mostrará que somente você tem o poder de lhe fazer sentir bem!
Então, se você está passando por momentos desconfortáveis, sentindo uma grande aflição, preocupação, ansiedade, não deixe de procurar ajuda pois quanto antes tratar, melhor!

IMPORTANTE
Existem atendimentos com psicólogos em clínicas particulares, mas também existe a possibilidade de você consultar gratuitamente com este profissional em Unidades Básica de Saúde da sua região!
Ver mais posts sobre: Curiosidades Tags: , , ,

Ricardo
Falar sobre si não é uma tarefa fácil, não é mesmo? Acho que por isso mesmo adiei tanto a atualização dessa página! Mas vamos tentar né? Você já teve a chance de conviver com um capricorniano? Pois é, aquele jeito louco, sonhador, aventureiro, e nem sempre com os dois pés no chão… Esse sou EU! Ricardo Tostes Pinto Perdigão, ou pra vocês, apenas Ricardo Tostes.

Deixe uma resposta