PROJETO BIKEAROUND, TECNOLOGIA DO STREET VIEW AJUDA PACIENTES COM DEMÊNCIA A RECUPERAR SUAS MEMÓRIAS! O Google Street View acaba de fazer 10 anos e é usado para muito mais do que mostrar o caminho Em 2007, a primeira frota de carros com câmeras do Google foi enviada para mapear o mundo. Quem teria imaginado que, 10 anos depois, uma pesquisadora usaria a tecnologia do Street View para ajudar pacientes com demência a recuperar suas memórias. Isso é exatamente o que a engenheira biomecânica Anne-Christine Hertz está fazendo.

A tecnologia e o poder da memória

Anne-Christine estava tentando desenvolver novos métodos de tratamento para pacientes com Alzheimer e demência. Mais especificamente, ela queria ajudá-los a preservar memórias antigas. A perda de memória é um dos efeitos colaterais mais traumáticos da demência, tanto para os pacientes quanto para os familiares.

Para combater isso, ela criou um protótipo chamado BikeAround, que conecta uma bicicleta ergométrica ao Google Street View para levar pacientes com demência a um passeio virtual pelas memórias. Os pacientes colocam o endereço de um local significativo para eles, como a casa onde passaram a infância. Depois, eles usam os pedais e o guidão para passear “de bike” pelos antigos bairros.

Não seria mais fácil olhar um álbum de fotos?

Nossas memórias mais marcantes estão intensamente ligadas ao local onde elas ocorreram. Não é por acaso que, ao pensar em um evento do passado ou uma memória importante, geralmente nosso primeiro pensamento é “onde eu estava quando isso aconteceu?”. O projeto BikeAround usa essa ideia ao combinar a estimulação mental (levando o paciente aos locais que ele reconhece) à estimulação física (fazendo com que ele pedale e dirija). Os cientistas acreditam que esse pareamento faz com que o cérebro produza dopamina. Além disso, tem o potencial de afetar o gerenciamento da memória de maneira profunda.

O que está por vir

A invenção BikeAround de Anne-Christine é um exemplo inspirador do que acontece quando você disponibiliza a tecnologia para todos. Agora, o dispositivo está passando por mais estudos científicos, com o objetivo de levá-lo para o mundo todo e melhorar a vida de pacientes com demência a cada passeio de bicicleta.

 Fonte: Amigos cadeirantes 

Ver mais posts sobre: Curiosidades, Tecnologia Tags: ,

Ricardo
Falar sobre si não é uma tarefa fácil, não é mesmo? Acho que por isso mesmo adiei tanto a atualização dessa página! Mas vamos tentar né? Você já teve a chance de conviver com um capricorniano? Pois é, aquele jeito louco, sonhador, aventureiro, e nem sempre com os dois pés no chão… Esse sou EU! Ricardo Tostes Pinto Perdigão, ou pra vocês, apenas Ricardo Tostes.

Deixe uma resposta