Latam leva 5 horas para retirar cadeirante de avião que viria para Confins

Um suposto dano causado durante a viagem na cadeira de rodas de um passageiro atrasou em mais de três horas o embarque de outros passageiros que deveriam ter saído do Aeroporto Internacional de Brasília às 7h30 desta segunda-feira para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Grande BH. O grupo só conseguiu embarcar para BH às 10h48.

Segundo a assessoria do terminal de Brasília, um problema com a cadeira de rodas de um dos passageiros que chegou de Boa Vista (RR) às 6h30 em Brasília, mas só deixou o avião às 11h39, inviabilizou a saída no horário do outro grupo, já que a mesma aeronave seria usada para o voo Brasília/Confins.

O passageiro teve que aguardar a cadeira, pois, segundo o Aeroporto de Brasília, o equipamento dele não estava disponível para uso, devido a um suposto dano causado durante a viagem. A administração do terminal informou que possui cadeiras de roda no posto de saúde dentro do local, mas ressaltou que os equipamentos são para uso de emergência.

Ainda segundo a a assessoria do terminal de Brasília, por se tratar de um fato dentro aeronave, a responsabilidade de oferecer o equipamento aos usuários seria da Latam. A companhia aérea informou aos passageiros  que daria um parecer sobre a situação às 9h10, momento em que anunciou que outra tripulação chegaria às 9h50 para assumir o voo.

Pessoas que aguardavam para embarcar para a capital mineira relataram que, por volta das 10h15, elas se dirigiram para outro avião, que decolou às 10h48.

A Latam foi procurada pela reportagem do em.com.br e informou, às 9h58 que apurava o ocorrido. “Sobre o voo 3167 (Brasília – Belo Horizonte/Confins), que deveria ter partido às 7h30 desta segunda-feira, a companhia diz que a decolagem será postergada. A Latam lamenta o ocorrido e esclarece que está prestando a assistência necessária aos passageiros”, diz a nota enviada.

Às 12h22, a companhia mandou nova nota, dizendo que fez o desembarque o passageiro e prestou toda a assistência necessária.

Fonte: Em.com.br Gerais

Ver mais posts sobre: Viagem acessível, Vida Tags: , ,

Ricardo
Falar sobre si não é uma tarefa fácil, não é mesmo? Acho que por isso mesmo adiei tanto a atualização dessa página! Mas vamos tentar né? Você já teve a chance de conviver com um capricorniano? Pois é, aquele jeito louco, sonhador, aventureiro, e nem sempre com os dois pés no chão… Esse sou EU! Ricardo Tostes Pinto Perdigão, ou pra vocês, apenas Ricardo Tostes.

Deixe uma resposta