Noivo cadeirante emociona convidados ao dançar no casamento em Cruzeiro

Vídeo foi compartilhado neste domingo (30) pelos convidados na web e já foi visto mais de mil vezes. “Vi que cadeira não impede a gente de viver”, diz o noivo.

Um noivo cadeirante emocionou os convidados ao dançar no casamento em Cruzeiro (SP). A celebração, no último sábado (29), reuniu cerca de 100 pessoas, entre amigos e familiares do casal. O vídeo da dança foi compartilhado pelos convidados nas redes sociais e já foi visto mais de mil vezes. (veja vídeo acima)

A dona de casa Jéssica e o militar aposentado Lucas Gonçalves, de 22 e 27 anos respectivamente, se conheceram durante uma procissão religiosa e começaram a namorar em 2013. Em 2015, Lucas sofreu um acidente de moto e ficou paraplégico. O imprevisto, segundo eles, serviu para aumentar ainda mais a cumplicidade do casal.

“Eu fui morar na casa da mãe dele pra cuidar dele. Isso nunca foi um problema para a gente. É normal para mim, meu amor nunca chegaria ao fim só porque ele perdeu os movimentos das pernas”, afirmou Jéssica.

Quando decidiram se casar, os noivos decidiram que não iriam abrir mão da primeira dança, mesmo com as limitações.

“Eu sempre gostei muito de dançar e depois do acidente não dancei mais. Vi que cadeira não é um impedimento. Não impede a gente de viver”, disse noivo.

Ensaios

Os ensaios começaram duas semanas antes do casamento e contaram com ajuda de uma amiga do casal, que é professora de educação física. O noivo gostou tanto de dançar que quis dançar mais de uma música e escolheu ritmos diferentes. A apresentação toda durou cerca de oito minutos.

Os noivos contam que os convidados ficaram emocionados. “Ninguém esperava, ficou muito bonito e algumas pessoas até choraram. Nos divertimos fazendo, foi um momento muito especial” disse Jéssica. “Estou orgulhoso”, completou Lucas.

Fonte: G1

Ver mais posts sobre: Historia Tags: , , ,

Ricardo
Falar sobre si não é uma tarefa fácil, não é mesmo? Acho que por isso mesmo adiei tanto a atualização dessa página! Mas vamos tentar né? Você já teve a chance de conviver com um capricorniano? Pois é, aquele jeito louco, sonhador, aventureiro, e nem sempre com os dois pés no chão… Esse sou EU! Ricardo Tostes Pinto Perdigão, ou pra vocês, apenas Ricardo Tostes.

Deixe uma resposta