Faça seus direitos valerem!

Toda vez que falo sobre alguma nova lei, algum novo direito, sempre tem alguém que diz: “…Leis existem, mas não são cumpridas …. É muita burocracia … Ninguém fiscaliza essas leis…”

Eu mesma já falei alguma delas, mas aos poucos consegui mudar minha forma de pensar.

 

Há pouco tempo foi lançada a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), onde contém todas as leis das pessoas com deficiência. Elas são perfeitas e com certeza vão ajudar muita gente.

 

Na LBI é abordada as questões do trabalho, educação, saúde, acessibilidade em locais públicos e outros. É tanta coisa, que pretendo fazer uma postagem sobre cada assunto pra explicar direitinho cada um deles.

 

Mas, não adianta conhecer cada uma das leis e não fazer valer. Realmente não existe nenhum profissional que fica fiscalizando se esses direitos são cumpridos, ou não. Os únicos responsáveis por isso somos nós, os cidadãos brasileiros.

 

Se alguém descumprir ou negar um direito seu, cabe a você chamar a polícia, fazer um Boletim de Ocorrência e colocar na justiça.

 

Gente, fazer isso não dá trabalho nenhum! Eu mesma já processei e não foi nada cansativo, única coisa mais chatinha foi que precisei ir no fórum pra abrir o processo, mas foi rapidinho e ainda ganhei uma grana pela indenização.

 

Outra coisa interessante é que nunca precisei fazer barraco nenhum. Por mais estressada que fico, tento resolver conversando e se não resolvo, chamo a polícia pra registrar o BO (esse documento serve como prova) e coloco na justiça pra tentar resolver.

 

Muitas empresas e pessoas não são acostumadas com essa imposição, nem dão bola se estão tirando algum direito nosso porque sabem que ninguém faz nada, ninguém processa. Mas tá na hora disso mudar!

 

Depois que todos começarem a fazer isso, é que os outros vão começar a nos respeitar. Fazendo isso vamos conseguir mudar o pensamento de todos, as coisas irão começar a funcionar e no futuro nem precisaremos exigir mais nada!

Ver mais posts sobre: Vida Tags: , ,

Ricardo
Meu nome é Ricardo Tostes, tenho 21 anos, capricorniano e estudante de Direito. Desde criança sou cadeirante, fui diagnosticado com distrofia muscular tipo centro nuclear. Sempre tive o sonho de levar informações para as pessoas e gostaria de dividir as minhas experiências de vida com vocês através deste blog.

Deixe uma resposta